O Que é Levantamento? Saiba Por Onde Começar

by Aug 12, 2019Arquitetura, Design, Projetos

Sabe quando você sai para comprar um sofa e quando ele chega não cabe no espaço que você tinha. Parece história de arquiteto né, mas acredite isso acontece e muito.

E você já deve estar arrumando a solução que seria só medir antes de comprar e você está certo, é isso mesmo.

E porque então eu estaria falando sobre isso aqui? Minha intenção nesse post é falar sobre levantamento arquitetônico, levantamento topográfico, que resumindo a grosso modo é medir, anotar e estudar tudo que é existente antes de projetar, planejar e executar.

O levantamento para nós arquitetos é o início de tudo, é nele que sabemos nossas restrições, até onde podemos criar o que existe ou não no local e para, ao final de tudo, que o sofá caiba na sala.

Então vamos lá:

Levantamento Arquitetônico

Essa etapa é muito importante pois nela realizamos todas as medições da edificação ‘as built’, (como foi construída, o resultado final) sem verificar estruturas e sistemas não aparentes, caso seja necessário isso é feito um pouco antes da obra com a retirada de uma camada na parede, em geral para verificação quando existe demolição.

Junto com as medições é comum tirarmos fotos gerais do local e de detalhes importantes. Elas posteriormente serão utilizadas para tirar dúvidas com materiais e fazer os famosos antes e depois, quando a obra estiver pronta.

Nosso check list para um bom levantamento contém:

  • O perímetro da edificação ou do ambiente estudado.
  • Alvenarias – espessuras e materiais de acabamento
  • Janelas – comprimento, altura e peitoril.
  • Portas – comprimento e altura.
  • Detalhes estruturais – como degraus, pilares, vigas e inclinações do telhado.
  • Pontos de água e esgoto
  • Pontos de elétrica, como tomadas e lâmpadas
  • Diferentes níveis – estabelecendo qual o nível zero, como ponto de referência.
  • Materiais do piso, parede e teto

Quando reunimos todas as informações necessárias, começa a parte de transferi-las do papel para o computador, onde temos mais precisão e se tornará a base para o desenvolvimento do projeto em si.

Aqui na F.POLLI Arquitetura, trabalhamos com o sistema BIM (Revit), então durante essa etapa, nós “construimos” o levantamento num modelo 2D e 3D, com os materiais existente e com a topografia do local, que já vamos falar aqui nesse post. Com esse sistema evitamos erros e retrabalhos em relação a etapa de levantamento. Mas sobre as maravilhas de se usar um sistema BIM, falo em outro post ok?!

Levantamento Topográfico

Existem 3 tipos de levantamento topográfico: Altimétrico, Planimétrico e Planialtimétrico. E pra ficar bem fácil de lembrar cada um:

Altimétrico = alturas do terreno, curvas de nível, relevo

Planimétrico = projeção horizontal, “plano”, limites do terreno

Planialtimétrico = Relevo + limites do terreno

O planialtimétrico é o mais completo, mas dependendo do local não é necessário, então é importante conversar com o Topógrafo, para que ele indique qual o mais indicado para cada caso.

Você já deve ter visto eles por ai, com um equipamento grande apoiado em um tripé e em alguns metros outro com uma estaca alto. Esse equipamento é o teodolito e funciona para medir as diferentes alturas de um terreno. Assim como o levantamento arquitetônico, todos os dados coletados vão para o computador e transformamos eles em curvas de nível e o que mais for necessário.

Mas pra que serve esse tipo de levantamento?

O levantamento topográfico, especialmente para terrenos em aclive (que sobe em relação a rua principal) ou em declive (que desce) serve de base para saber se precisaremos de rampas e escadas, ou se o projeto terá diferentes níveis, se será necessário fundações aparentes ou não, entre outros.

Agora você já sabe um pouco mais sobre o início da jornada de projetar e porque essa etapa é tão importante e como ela funciona quase como medir antes de comprar um sofá, só que escalas diferentes. E se você quiser saber ainda mais quais as etapas de uma Reforma Perfeita é só clicar no botão aqui ao lado.

Até mais!

Posts Relacionados

Como Comprar Uma Casa: O Que Saber Antes de Assinar o Contrato

Como Comprar Uma Casa: O Que Saber Antes de Assinar o Contrato

Comprar uma casa costuma ser um dos maiores investimentos financeiros na vida das pessoas, então é bem normal considerar todos os pontos importante antes de finalizar a compra e assinar o contrato.
Em geral comprar uma casa nova ou usada e reformar pode ser mais vantajoso financeiramente do que construir do zero. Mas isso depende muito das suas necessidades com a casa e da cidade em que você escolheu morar.

read more